Livros nunca saem de moda

Nós AMAMOS livros. Somos ratas de bibliotecas e livrarias, nerds assumidíssimas. 

Por conhecermos muitos livros bacanas, vamos compartilhar algumas indicações como sugestão de presente para o dia das crianças. Quem quiser sugerir leituras para nós, ou comentar os livros que recomendamos, abuse do espaço de comentários no final do post!

Ah, sim! Todos os livros têm o selo ARCP (altamente recomendável pelo crivo da Peeps)... rsssss

 

 

Bruxa, bruxa venha à minha festa

Autor: Druce Alden

Ilustrações: Pat Ludlow

Editora: Brinque Book

 

 

Esse livro é tão querido pela Peeps que até para o México foi com a gente...

Diversos personagens do imaginário infantil fazem parte dessa história, um conto com repetição que diverte os pequenos.

As ilustrações, coloridas e ricas em detalhes, são uma atração à parte. E o final surpreendente faz com que ouçamos muitos pedidos de "de novo... Lê de novo..."

A casa sonolenta

Autor: Audrey Wood

Ilustrações: Don Wood

Editora: Ática

 

 

Outro campeão da hora de dormir, um conto acumulativo divertidíssimo, com ilustrações que "conversam" com a narrativa o tempo todo. 

"Será que todo mundo dorme na casa sonolenta?" (Peeps)

O caso do bolinho
Autora: Tatiana Belinky

Ilustrações: Avelino Guedes

Editora: Moderna

 

Um clássico da literatura infantil brasileira! Curto desde muito criança (duas gerações de leitoras apaixonadas por essa narrativa)!!!

Tatiana Belinky conta sua versão do caso do bolinho que saiu rolando, rolando... E causou um rebuliço por onde passou!

"Esse bolinho é redondo e fofinho e de creme recheado!" (Peeps)

O grande rabanete
Autora: Tatiana Belinky

Ilustrações: Claudius

Editora: Moderna

 

 

Outro clássico, dessa vez sobre um rabanete pra lá de teimoso que deu o maior trabalho para ser colhido...

"O vovô ficou todo vermelho e não pegou o rabanete!" (Peeps)

Uma lagarta muito comilona

Autor e ilustrador: Eric Carle

 

Editora: Kalandraka

 

 

O primeiro amor literário da Peeps conta a história de uma lagarta tão comilona, mas tão comilona, que até mordeu o livro de verdade!

A demanda do público é tão intensa que a narrativa vem em diversos formatos. Peeps tem um todo cartonado (mais durinho), que resiste bem há pelo menos um ano e meio.

"Essa lagarta come até pirulito! Ela fica goooorda!" (Peeps)

Aperte aqui

Autor e ilustrador: Hervé Tullet

 

Editora: Ática

 

 

Uma obra de arte em forma de brinquedo. É assim que defino "Aperte aqui", livro no qual as bolinhas e seus leitores são ps protagonistas. Um jogo que envolve os pequenos leitores, que certamente vão pedir bis!

"As bolinhas são divertidas! E ficam maluquinhas!" (Peeps)

Sem título

Autor e ilustrador: Hervé Tullet

 

Editora: Companhia das Letrinhas

 

 

Lançado recentemente no Brasil, esse livro também brinca com a relação entre o leitor e os personagens, de uma forma inusitada e que realmente mobiliza as crianças. Hervé Tullet vai mais além, participando ele mesmo dessa narrativa sem título e trazendo um outro sabor à obra. Imperdível!

"Eu gosto quando tem que apagar a luz e ela apaga DE VERDADE!" (Peeps)

Haveria muitos e muitos outros livros a indicar; por isso, continuaremos a falar sobre eles em outro post.

EM TEMPO...
Apesar de aproveitar a carona do Dia das Crianças para indicar essas obras como sugestão de presente, divido com vocês a dinâmica aqui de casa. Livro não tem data certa para se ganhar. Considero tão importante incentivar o hábito de ler que invisto de verdade numa bibliotca pessoal para a Peeps - que, um dia, pode até querer fazer umas trocas nessas muitas feiras que acontecem por aqui. Até por isso, pretendo fazer dessa prática de recomendar leituras um hábito aqui no Peeps.

However...

Não curto quaisquer tipos de radicalismo. Dia das crianças é uma data criada pelo comércio? Ok. Mas por que não presentear seu pequeno nessa data, em vez de comprar muitas coisas todos os dias?
Peeps pediu uma Lalaloopsy para sua coleção iniciada no Natal e continuada em seu aniversário. Já está comprada. 

Para saber exatamente a minha posição sobre o assunto, recomendo a leitura do post da Giuliana Bergamo, no Chá de Bergamota

Boas leituras!

 

por Clau & Peeps Nicolau - 6 de outubro de 2013