Operação Férias Especial:
O PARQUE DA MÔNICA VOLTOU!!! <3

 

Oficial, lançado e... obviamente, lotado. O parque mais esperado dos últimos cinco anos está de volta ao território paulistano, e fazemos votos que seja para durar!!!

 

Sabemos que outros blogs fizeram matérias sobre o evento de lançamento, fechado para determinados convidados. 

Nós não conseguimos convite. Em contrapartida, pudemos trazer a vocês uma visão MEGA realista do funcionamento do Parque da Mônica em um dia comum, no meio das férias de julho, dia chuvoso... Embora estivesse receosa em comparecer ao segundo dia de funcionamento aberto ao público por conta de lotação, nossa equipe não conseguia se conter, num mix de empolgação e curiosidade. Colocamos roupas ultra confortáveis, tênis e... lá fomos nós!!!

 

Não chegamos antes do horário de abertura. Hoje era o dia do rodízio do meu carro (quem vem de fora de São Paulo em dia de semana, por favor, verifique o dia antes de sair de casa!!!), então precisamos esperar até as 10 horas para sair de casa. Atrasamos um pouquinho e acabamos chegando no Shopping SP Market por volta de 11h30. Encontramos uma fila quilométrica!!! Voltas e mais voltas, um mar de gente que não acabava mais! Memso sabendo que a capacidade do parque era grande, fiquei preocupada com a possibilidade de não conseguirmos entrar. Encaramos UMA HORA de fila. Uma hora em pé, com criança impaciente. E cabe dizer que, na hora em que finalmente compramos os ingressos, ainda havia uma fila tão grande quanto antes atrás de nós. 

 

Dica de fila #1: Avise às crianças dessa espera. Aproveite o tempo para conversarem sobre as expectativas, sobre o último desenho animado que assistiram, o jogo preferido... vai chão.

 

Dica de fila #2: É MUITO desagradável ficar guardando lugar para amigos que ainda não chegaram. Fica a dica... ;)

 

Dica de fila #3: Tenha em mãos um comprovante de que seu pequeno ou pequena está na escola. Como se trata de um parque de diversões para crianças, a meia entrada só é concedida para... estudantes! Não fui preparada. Quase surtei. Cacei um boleto da escola no meu email e apresentei na tela do celular mesmo, junto com a certidão de nascimento dela. Valeu!... Mas quem puder levar já impresso, acredito que poupe alguns transtornos... 

Em tempo: crianças menores de 2 anos também pagam meia entrada, assim como idosos (acima de 65 anos) e professores da rede pública de ensino. 

 

Passado o longo caminho até o ingresso... ENTRAMOS!!! E, a partir daí, foi uma surpresa atrás da outra, todas muito agradáveis!

 

Para começar, a estrutura do parque pode até ter se mantido semelhante à do extinto Mundo da Xuxa, mas considero que o espaço está mais iluminado, amplo e organizado. O número de atrações é maior. Saiu o rosa predominante e entraram todas as cores do arco-íris, num ambiente repleto de personagens, referências e pequenos detalhes que tornam a visita divertida até mesmo para os adultos!!!

Num dia só não conseguimos conhecer todos os brinquedos - muito em virtude da pequena ter se apaixonado por alguns e repetido à exaustão. E nossa equipe ADOROU, porque é mais uma desculpa esfarrapada para fazer uma nova visita!!! :D

 

Sobre os serviços: encontramos funcionários bem treinados, motivados, informados... Banheiros com limpeza constante, espaço família amplo e bem equipado, limpeza e segurança do parque impecáveis. Por enquanto, há poucas opções de alimentação - a frutaria, com sanduíches naturais, frutas, sucos; quiosques de sorvete; chocolates e uma imensa lanchonete Mc Donald's. Apesar das longas filas no "M amarelo", há uma possibilidade a que poucas pessoas se atentam. Você pode pedir, no atendimento ao cliente, um carimbo na mão para sair, transitar pelo shopping e depois voltar ao parque. É uma alternativa para quem quiser perder menos do que uma hora na fila para comer...

Há, ainda, um guarda-volumes - com preço de R$ 10 por escaninho - e aluguel de carrinhos de bebê por R$ 15. 

 

Sobre as atrações: são super seguras, coloridas e pensadas para que crianças e adultos possam brincar juntos, se assim desejarem. Peeps foi sozinha apenas na Pescaria do Chico Bento; nos demais brinquedos, nos divertimos muuuuito!

O Brinquedão foi o lugar favorito da nossa pequena aventureira. Preciso ser honesta: esse é para os fortes! Passagens estreitas, subidas, descidas... As crianças tiram de letra e nos deixam para trás! Duas voltas completas nesse brinquedo equivalem a pelo menos meia hora de academia...

Houve uma ligeira mudança na estrutura do Ce-bolinhas, para quem conheceu o parque anterior. Em vez de uma sala fechada, temos dois andares telados, com um escorregador cheio de voltas para que as crianças (e adultos que quiserem) desçam de uma forma mais divertida. Fizemos até uma guerra particular de bolinhas!

A roda gigante traz uma visão linda do parque, especialmente da Vila da Mônica, assim como o Vale dos Dinossauros. O Carrossel da Mata é uma graça, e há cadeirinhas e animais para todas as idades: bancos e personagens que permanecem imóveis, além dos tradicionais que sobem e descem. 

A Trombada do Louco é um carrinho de bate-bate insano!!! Tem muita fila, mas anda rápido - são 10 carrinhos em operação, e nenhum fica vazio!

Visitamos também a Casa da Mônica, onde tiramos fotos com personagens; além da Casa do Cebolinha, que estava em pausa técnica (mas pudemos entrar para conhecer o cenário do que parecem brincadeiras bem divertidas). 

A Piscina de Bolinhas do Cascão agrada as crianças não apenas pela quantidade de bolinhas, mas também porque é permitido jogá-las para cima, acertar alvos, cestas... Diversão garantida!

Outro brinquedo que fez muito sucesso foi Engenheiros no Parque. Para quem gosta de construir prédios, castelos ou obras de arte, dois andares de espaço, blocos, capacetes e engenhocas dão asas à imaginação da criançada! Se deixássemos, tenho certeza de que a Peeps passaria o dia inteiro ali. 

Para dar uma pausa e recarregar as energias, sentar em frente ao palco e curtir o show O sonho não acabou é uma boa pedida, com canções clássicas e referências às histórias em quadrinhos, além de explicações de Mauricio de Sousa sobre a criação dos cinco personagens protagonistas do musical - Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali e Chico Bento. As crianças ficam hipnotizadas, e o pequeno espetáculo arranca sorrisos e aplausos de todos os presentes. 

 

Agora, a pergunta que todos estão a fazer...

Vale o preço do ingresso?...

Honestamente? VALE! 
Não estou ganhando um centavo com essa postagem, não se preocupem... Não é propaganda. É a singela opinião de uma mãe de menina de quatro anos que não parou de correr, pular, sorrir e se divertir do momento em que pisou no parque até a hora de dormir. O Parque da Mônica de fato cumpre o propósito de sua criação: entreter com qualidade crianças e adultos que escolherem se entregar à vontade de voltar à infância. E brincadeiras saudáveis, de pular, subir, pegar... como um grande quintal de casa de vó. 

Sim, a gente se sente no Bairro do Limoeiro. A qualquer momento, parece que a Mônica e o Cebolinha vão passar correndo; que a Magali vai dar uma bela dentada no seu lanche; que o Cascão vai vir te perguntar se a chuva passou e que no próximo banco o Chico Bento e a Rosinha vão trocar declarações de amor. E as filas não tiram em nada o brilho do passeio. Com a quantidade de atrações, os visitantes acabam se espalhando - não vimos nenhuma aglomeração. As duas montanhas russas são bem concorridas, mas acabamos não indo nelas dessa vez. Vai ficar para a próxima! ;)

 

Esse post foi imensoooo, tem muitas fotos ainda na galeria, mas não dava para deixar de contar com detalhes a nossa experiência. Já foi ao Parque? Conta pra nós! Tem alguma pergunta? Escreva por aqui, que teremos o maior prazer em responder! 

Hoje foi um dia intenso e delicioso. Vamos dormir, que amanhã tem mais operação férias!!!

 

por Clau Nicolau - 7 de julho de 2015

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para ajudar a planejar...
Para ajudar a planejar...

... todas as atrações com as restrições de altura! Os funcionários são bem rigorosos e usam as réguas medidoras em todas as atrações.

press to zoom
No guarda-volumes...
No guarda-volumes...

... você recebe um crachá com o número do seu escaninho. O pagamento é antecipado, e vale para o dia todo. Você pode pegar e colocar coisas nas bolsas e mochilas quantas vezes forem necessárias!

press to zoom
Parquinho dos pequeninhos...
Parquinho dos pequeninhos...

... para crianças de até 3 anos também curtirem seu momento no parque.

press to zoom
Para ajudar a planejar...
Para ajudar a planejar...

... todas as atrações com as restrições de altura! Os funcionários são bem rigorosos e usam as réguas medidoras em todas as atrações.

press to zoom
1/26