Resumo da semana: outfits para a escola e passeios"de sujar"

Mais uma semana chega ao fim e o assunto de hoje assombra muitos pais de crianças pequenas: o que vestir em uma escola que não adota uniforme?



No início, foi muito fácil. Até a Peeps aprender a andar, enviava à escola bodies, calças e macacões, como já havia mencionado neste post anterior. As coisas foram se tornando mais complicadas, e com o tempo adotei a prática de separar uma gaveta da cômoda da pequena especialmente para as chamadas “roupas de guerra”. Algumas pessoas podem achar que, para a escola, qualquer coisa serve. E, de fato, não deixa de ser verdade em certa instância. Mas alguns pré-requisitos são essenciais para que os looks escolares sejam práticos e, acima de tudo, duradouros.



* Conforto. As crianças pequenas costumam ter tardes bastante ativas, com momentos de pular, correr, subir, rastejar… Por isso, não recomendo roupas muito apertadas, que possam limitar movimentos ou até mesmo incomodar. Se a escola tiver algum programa específico de Educação Física, procure se informar do dia da semana em que acontece – pois, nesses momentos, tênis, meia e uma calça bem molinha são aliados para toda a vida.



* Praticidade. Tecidos fáceis de lavar – como algodão, moletom e sintéticos como  tactel - são peças fundamentais no guarda-roupa dos escolares sem uniforme. Já perceberam que a maioria dos uniformes escolares têm como matéria-prima exatamente esses materiais? Para quem – como eu – não tem secadora de roupas em casa, pensar em tecidos que sequem rapidamente e sejam fáceis de passar também é uma precaução importante.



* Resistência. Quando eu era criança, vivia com joelhos ralados – e minha calça da escola também… A helanca ainda é largamente utilizada como tecido de uniformes, o que considero péssimo. Apesar da maleabilidade e conforto, oferece muito pouca resistência aos impactos cotidianos com chãos de pedra, concreto, troncos de árvore… A não ser que a escola de sua pequena seja apenas feita de piso frio e grama sintética (o que deve ser muito triste), esse é um item a considerar na hora da escolha.



* Quantidade. Sabe aquele ditado, “menos é mais”? Então… Você vai se desapegar dele. Bom, nesse quesito, falo por mim e por nosso momento peculiar – o desfralde. Sem secadora em casa. Aqui, sinceramente, não imaginaria minha vida sem o brechó, as liquidações, os presentes da família e dos amigos – e, pra quem tem sorte, as heranças de irmãs, primas ou filhas de amigas (o que infelizmente não se aplica para nós). Vejo, a cada semana, a gaveta se esvaziar numa velocidade alucinante.



* Desapego. Vocês sabem o quanto me preocupo com a combinação de cores, tecidos, texturas… Mas aprendi a conviver com as manchas, de todos os tamanhos – de tinta, canetinha, marca-texto… Aprendi, também, a manter o autocontrole ao ver aquela camiseta ma-ra-vi-lho-sa perdendo a cor original, depois de tanto tira-manchas, esfregações, lavagens pesadas…



Muitas dessas dicas, se não todas, valem igualmente para passeios ao ar livre, os piqueniques em parques, visitas a playgrounds… Abaixo, as sugestões dessa semana – quatro outfits práticos, confortáveis e aprovadíssimos pela nossa modelo e consultora Peeps.











Look de segunda-feira!
Look de segunda-feira!

Ah, as segundas-feiras… Cara de sono… Mas pronta para a ação! Camiseta polo de algodão Señor Frog’s, calça de sarja Carter’s e tênis polibol Melissa.

press to zoom
Na terça-feira...
Na terça-feira...

Jeans “molinho” e camiseta: dupla perfeita para qualquer ocasião! Inclusive para a escola! Camiseta de algodão SPFC by Brasiline, calça boca-de-sino Gap, tênis Melissa.

press to zoom
"Balança, caixão!!!"
"Balança, caixão!!!"

A escolha das Havaianas não foi obra do acaso: facilita muito na hora de brincar na areia! Pezinhos livres para sentir texturas diferentes!

press to zoom
Look de segunda-feira!
Look de segunda-feira!

Ah, as segundas-feiras… Cara de sono… Mas pronta para a ação! Camiseta polo de algodão Señor Frog’s, calça de sarja Carter’s e tênis polibol Melissa.

press to zoom
1/5